Ficha Técnica

CEO / Digital Content Manager
Jorge Filipe Fresco

Cronista
Renato Costa

Fotografia
Patrícia L. Martins

Web Design & Development
Creatives – We Launch Brands

Top

Old and Fit – Mondego Masters Invitational 2019

Caminhamos para um futuro onde vamos deixar de ver os mais velhos sentados num banco de jardim a jogar às cartas, mas sim a levantar barras pesadas e queimar calorias e metros de remo. E se calhar temos algumas coisas a aprender com eles, e não me refiro só a levantar pesos.

 

 

Decorreu no passado domingo, dia 31 de Março, o Mondego Masters Invitational 2019, no CrossFit Mondego, destinado exclusivamente à categoria de Masters com mais de 40 anos de idade, e apesar de não ter conseguido estar presente foi-me concedida a oportunidade de vos dar em primeira mão e em exclusivo tudo aquilo que este evento reuniu, e por isso o meu mais profundo agradecimento por escolherem o #TOIMPROVEYOURSELF para o fazer.

 

 

Estive à conversa com o Miguel Lopes, nascido em 1973 e natural de Coimbra, treina CrossFit desde 2012, e desde cedo compete na categoria de Masters juntamente com grandes nomes como o Fabrice LagesPina Ramos, Hugo Falcão, entre outros.

Contudo as provas nacionais deixaram de ter as categorias acima dos 40 anos e optaram por manter apenas a categoria +35 e desde então a grande maioria dos atletas Masters +40 deixaram sequer de se tentar qualificar em provas pela diferença de índices de força entre os atletas das diferentes categorias.

 

Desde essa altura que o Miguel pensou em reunir novamente todos estes Masters para um evento, mas foi numa conversa em finais do ano passado com o João Simões – co-fundador da CrossFit Mondego – que todo o projecto se começou a desenrolar juntamente com o Miguel e todos os apoios descritos, tendo gerado um grupo nas redes sociais que reúne mais de 220 Masters nacionais com mais de 40 anos sedentos de reviver grandes convívios e o verdadeiro sentido de comunidade que outrora experienciaram.

 

Tal como nos Reebok CrossFit Games, as categorias foram devidamente estruturadas consoante a idade dos atletas, isto é, ao invés de existir exclusivamente as categorias de Elites e Masters +35, estiveram representados os Masters 40-44Masters 45-49Masters +50.

 

 

Quem esteve presente descreve este evento como algo nunca antes criado, pela diferença no ambiente e espírito de comunidade vivido entre estes Masters. Três WOD’s em regime de rotatividade a decorrer em simultâneo com mais de 70 atletas presentes e as suas respectivas famílias, a partilhar dicas e ajudarem-se uns aos outros.

Houve algumas diferenças para eventos do género. Não houve a típica t-shirt de atleta, mas sim antes uma placa identificativa de cada um e com todos os apoios da prova, que imortaliza o evento. Cada atleta teve a sua placa independentemente da sua classificação. Com a sua inscrição todos tiveram direito a uma refeição completa e, para além disso, foi disponibilizada bebida e bifanas durante todo o evento.

 

“Não houve egos”, diz o Miguel. Tal como também não houve juízes, e apesar de haver sempre alguém a ajudar no controlo dos standards dos movimentos, foi o próprio atleta que recebeu o seu scorecard, registou o seu score e o entregou na mesa de resultados para os mesmos serem lançados na RegiBox.

 

 

Um verdadeiro sucesso, e mais do que isso um exemplo para as organizações e para o futuro que se avizinha. Reina um espírito puro de comunidade entre estes Masters.

E sim, ficou já prometida uma futura edição.

 

 

O Miguel reforça o agradecimento: “Nada disto seria possível sem a grande equipa que o CrossFit Mondego dispõe”.

Sem esquecer também o auxílio prestado pelo CrossFit Fátima e pela N14 CrossFit.

 

 

Não são atitudes “elitistas” – digamos assim -, que muitas vezes vemos nos bastidores de competições ou eventos do género, que nos levarão mais alto ou que darão a melhor imagem do que representamos e do desporto que amamos.

Em suma diria que afinal temos mesmo que pôr os olhos nos “mais velhos” que são o exemplo, que nos servem de motivação e inspiração para um dia mais tarde sermos nós o modelo para outros novos atletas.

 

 

Fotografias:

– Aurélio Carvalho

 

Apoios:

CrossFit Mondego

Loaded Equipment

Prozis Portugal

Taberna do Fitness by Mirandez

Partilha
1 Comment
  • Armandina
    08/04/2019 at 10:45

    Foi sem dúvidas, o verdadeiro crossfifamily, a enter ajuda entre todos os atletas foi brutal eu diria até emocionante… Eu tenho 46 anos e apesar de sempre fazer desporto prático crossfit á seis meses. A nossa family prática toda está modalidade fantástica. Eu e a minha teen fomos apoiar António meu marido. Que era 1 vez que competia. Chegou á final mas assustado, porque nunca tinha feito alguns exercício. Mas ajuda foi tão grande incluído os coaches e atletas.. Grata a todo…

Deixa o teu comentário
Nome*
Email*
Website